terça-feira, 28 de abril de 2009

Dizem que o coração é grande
Isso falam do coração de mãe
Aquele que sempre cabe mais um
E o meu
Que nem de mãe é
Tem tido espaço para dois.

12 comentários:

Anitha disse...

amar nunca é d+!

Retribuindo o bjo... rs

Emely disse...

belo coraçao... saudades daqui...=)

Salve Jorge disse...

Ora pois
Depois
Se já tem pra dois
Pela simpatia que sois
Vai caber um montão
Que nem arroz
Que esse coração
Não se prende à ilusão
De só haver uma paixão
Pra quem caminha nesse chão...

Marcelo Lyra disse...

Tem espaço pra mais um?

Vc gosta do Manoel de Barros? Sua poesia de vez em quando me lembra as dele.

Monique disse...

"Eu sei de tudo na ferida viva do meu coração" :D

Sam disse...

O coração de uma pessoa como tu, que escreves tantas coisas assim.. ricas... só pode ser gigante.

Beijo

sweet.cherry.pie disse...

Faço minhas as palavras do "Salve Jorge"!
Acho que no coração tem que caber é muita, muita gente, apesar de sempre ser necessária uma certa triagem... :D

Ari Pheula disse...

Oi!
Obrigada pela recepção!

Adorei o teu tbm.

Bjossss

Tatiane Trajano disse...

Amar é preciso!

=)

Ruth_ disse...

Amar é preciso! [2]

:*

gato preto disse...

No coração cabem tantas,tantas coisas, e algumas delas se hospedam lá, pra nunca mais sair...
aí sim, ô casa de mãe, ô pensão de queridos, e aquele hóspede permanente...

visaoesentimento disse...

"Meu coração é tão pequeno...
Na palma da mão cabe ele
e dentro dele, o Universo."
[Pedro Tostes]